Sala de Aula do Futuro

A Sala de Aula do Futuro nas Escola do Vale do Minho

A Direção-Geral da Educação (DGE), em parceria com a European Schoolnet (EUN), tem vindo a desenvolver a iniciativa “Laboratórios de Aprendizagem” (LA) com o objetivo de divulgar os resultados obtidos em vários projetos, promovidos/dinamizados nos últimos anos pela EUN, contribuindo para a disseminação de metodologias validadas no âmbito da integração curricular das TIC.

O Centro de Formação Vale do Minho, integra o Curso de formação de formadores que está a decorrer com a participação como formandos de Romeu Silva (formador da Bolsa de Formadores Internos do CF Vale do Minho) e Jorge Oliveira Fernandes (Diretor do Centro de Formação), denominado “Laboratórios de aprendizagem: Cenários e Histórias de Aprendizagem”, acreditado pelo CCPFC, com o objetivo de formar formadores que possam vir a assegurar as necessidades de formação desta iniciativa na sua área e de dinamizar estes cenários das Salas de Aula do Futuro nas Escolas Associadas do Vale do Minho

Tipo de Artigo: 

São 5 os passos a seguir para criar a sala de aula do futuro.

1 – Identificar Partes Interessadas e Tendências

A criação de um Cenário de Sala do Futuro (CSF) começa pelo envolvimento de uma variedade de pessoas informadas, trabalhando com elas para identificar tendências, as quais são os elementos constituintes de um CSF. São estas que definem que mudanças são suscetíveis de afetar as escolas no futuro.

Para identificar quem deve envolver-se em qualquer processo de gestão da mudança. Os processos de definição de políticas educativas devem basear-se numa identificação informada de tendências.

Tipo de Artigo: