Por Mario Ferreira | Seg, 2022-01-31 13:57

Para fazer face à transformação digital em curso ( Programa de Digitalização para as Escolas), as escolas estão a estabelecer como prioridade a integração das tecnologias digitais nas suas rotinas, tanto em contexto pedagógico como organizacional e tecnológico. Para tal, no ano letivo anterior, todas as escolas associadas ao CFVM foram desafiadas a elaborar o seu Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital (PADDE), envolvendo vários intervenientes, definindo as suas áreas prioritárias e a sua estratégia global de desenvolvimento, suportada pelo digital.

O PADDE pretende ser um instrumento estratégico, orientador e facilitador da adaptação e implementação das tecnologias digitais nos processos de ensino e de aprendizagem, bem como, de apoio às escolas na reflexão e definição de estratégias que permitam a exploração do potencial do digital integrando-o de forma holística na organização.

Para a elaboração do PADDE, considerou-se fundamental partir de uma reflexão interna sobre o nível de maturidade de integração das tecnologias digitais na escola, nomeadamente nas áreas enunciadas no referencial europeu - Quadro Europeu para Organizações Educativas Digitalmente Competentes DigCompOrg: (i) Práticas de liderança e de governação; (ii) Práticas de ensino e de aprendizagem; (iii) Desenvolvimento profissional; (iv) Práticas de avaliação; (v) Currículos e conteúdo; (vi) Colaboração e Networking; e (vii) Infraestrutura. 

No sentido de auscultar os dirigentes escolares, docentes e alunos, proporcionou-se as condições para a participação num diagnóstico, a partir do referencial anteriormente mencionado, concretamente na SELFIE (Self-reflection on Effective Learning by Fostering the use of Innovative Educational technologies), que agrega as áreas do DigCompOrg nas seguintes dimensões: dimensão organizativa, dimensão pedagógica e dimensão tecnológica e digital.